segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Brasil

Um grande abraço aos nossos amigos do outro lado do Atlântico que tantas vezes nos visitam.
Um abraço especial para palhares lima, há muito tempo sem enviar novidades desse lado do Atlântico.

domingo, 19 de outubro de 2008

Chinese eye test




Se ao decifrares esta imagem não te decidires por nada, experimenta puxar os cantos dos olhos como os chineses. Vais ver que resulta.

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Novo Marco Histórico



Novo Marco Histórico, o
http://porquenaotekalas.blogspot.com/
já ultrapassou as 600 visitas.

Obrigado a todos os que visitaram esta página .

sábado, 2 de agosto de 2008

Utilidade

Ao ver alguns blogs encontrei um utilizador que se descreveu assim:
"Até eu posso ser útil à sociedade. Se não servir para mais nada, sirvo para mau exemplo".

Há sempre ocasiões em que nos sentimos tão em baixo que pensamos não servir para nada, esta frase contraria isso.
Mesmo em baixo podemos servir como exemplo para outros de como NÃO devem agir.

terça-feira, 29 de julho de 2008

Trufas e caviar no jantar da cimeira do G8 sobre fome

Cimeira. Oposição britânica já reclamou
DN ONLINE


http://dn.sapo.pt/2008/07/10/economia/trufas_e_caviar_jantar_cimeira_g8_so.html
Trufas e caviar no jantar da cimeira do G8 sobre fome

Os líderes das oito economias mais industrializadas do mundo (G8), reunidos numa cimeira no Japão, estão a causar espanto e repúdio na opinião pública internacional, após ter sido divulgada aos órgãos de comunicação social a ementa dos seus almoços de trabalho e jantares de gala.

Reunidos sob o signo dos altos preços dos bens alimentares nos países desenvolvidos - e consequente apelo à poupança -, bem como da escassez de comida nos países mais pobres, os chefes de Estado e de Governo não se inibiram de experimentar 24 pratos, incluindo entradas e sobremesas, num jantar que terá custado, por cabeça, a módica quantia de 300 euros.

Trufas pretas, caranguejos gigantes, cordeiro assado com cogumelos, bolbos de lírio de Inverno, supremos de galinha com espuma de raiz de beterraba e uma selecção de queijos acompanhados de mel e amêndoas caramelizadas eram apenas alguns dos pratos à disposição dos líderes mundiais, que acompanharam a refeição da noite com cinco vinhos diferentes, entre os quais um Château-Grillet 2005, que está avaliado em casas da especialidade online a cerca de 70 euros cada garrafa.

Não faltou também caviar legítimo com champanhe, salmão fumado, bifes de vaca de Quioto e espargos brancos. Nas refeições estiveram envolvidos 25 chefs japoneses e estrangeiros, entre os quais alguns galardoados com as afamadas três estrelas do Guia Michelin.

Segundo a imprensa britânica, o "decoro" dos líderes do G8 - ou, no mínimo, dos anfitriões japoneses - impediu-os de convidar para o jantar alguns dos participantes nas reuniões sobre as questões alimentares, como sejam os representantes da Etiópia, Tanzânia ou Senegal.

Os jornais e as televisões inglesas estiveram na linha da frente da divulgação do serviço de mesa e das reacções concomitantes. Dominic Nutt, da organização Britain Save the Children, citado por várias folhas online, referiu que "é bastante hipócrita que os líderes do G8 não tenham resistido a um festim destes numa altura em que existe uma crise alimentar e milhões de pessoas não conseguem sequer uma refeição decente por dia". Para Andrew Mitchell, do governo-sombra conservador, "é irracional que cada um destes líderes tenha dado a garantia de que vão ajudar os mais pobres e depois façam isto".

A cimeira do G8, realizada no Japão, custou um total de 358 milhões de euros, o suficiente para comprar 100 milhões de mosquiteiros que ajudam a impedir a propagação da malária em África ou quatro milhões de doentes com sida. Só o centro de imprensa, construído propositadamente para o evento, custou 30 milhões de euros.